19 de setembro de 2014

Colaboradores da Marroquim participam de palestra com o atleta André Domingos

Na manhã dessa sexta-feira (19/09), 100 colaboradores da Marroquim Engenharia participaram de uma palestra com um dos maiores velocistas do Brasil. André Domingos esteve na obra do Edifício Palazzo Firenze e contou um pouco da sua trajetória para os trabalhadores da obra. André Domingos tem uma história de superação por conta do esporte. Natural de Santo André (SP), ele diz ter visto muitos amigos se perderem no mundo do crime e das drogas. Mas, graças à sua vocação para o atletismo, ele traçou um caminho bem diferente. O seu objetivo era mudar sua história e a vida de sua família através do esporte. André ingressou nas competições ainda na escola, em provas promovidas pelo diretor da instituição onde estudava. Ainda adolescente, se mudou para Presidente Prudente (SP) e lá se tornou um dos principais velocistas do País. Em diferentes quartetos, ele ajudou a quebrar 5 recordes sul-americanos no revezamento 4×100. Participou de 4 olimpíadas, obteve 2 medalhas olímpicas e é o segundo melhor brasileiro da história (atrás apenas de Robson Caetano) na prova dos 100 metros, tendo como recorde pessoal 10,06 s, obtidos em 1999. Em sua palestra, André ressaltou a importância e o papel social do esporte na vida das pessoas. Para ele, é através do esporte que muitas crianças têm boas oportunidades de estudar, se desenvolver e se tornar bons cidadãos. ‘Graças ao atletismo, eu pude estudar, me formar em duas faculdades (Educação Física e Arquitetura) e me transformar no que eu sou hoje’, disse André. Além da palestra, os colaboradores da Marroquim assistiram um vídeo que contou a história do atletismo, mostrando cenas de competições e grandes atletas da história do Brasil. A obra O local no qual André palestrou não foi escolhido por acaso. A obra do Edifício Palazzo Firenze tem 25 colaboradores que deram sim ao esporte e, hoje, já participam de corridas de rua e competições. Incentivados por Jones Viana, colaborador da Marroquim, e apoiados por Irving Soares, engenheiro responsável pela obra, os trabalhadores do Firenze mudaram seus hábitos e já sentem no dia a dia os benefícios do esporte em suas vidas. Alguns vão correndo para o trabalho, outros voltam correndo para casa. Os hábitos alimentares mudaram e agora são muito mais saudáveis. Um dos pontos mais positivos foi a diminuição do uso do cigarro e de bebidas alcoólicas. ‘Por saber que são fatores negativos em seu desempenho, eles próprios sentem a necessidade de não fumar e não beber’, afirmou Irving Soares. Para Hugo Marroquim, Gerente de Manutenção da Marroquim, que também faz parte do nosso grupo de atletas, essa ação está trazendo grandes frutos não só para os trabalhadores, mas também para a empresa. ‘O rendimento dos nossos colaboradores melhorou muito e o índice de faltas diminuiu absurdamente. Nós, da Marroquim, sabemos o quanto é importante ter uma vida saudável. Por isso, somos pioneiros neste trabalho de incentivo e apoio à prática de exercícios físicos’, disse Hugo. O trabalho de incentivo à prática esportiva desenvolvido pela Marroquim vem crescendo e já conta com o apoio da Ademi – Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Alagoas. Ronald Vasco, Diretor de Responsabilidade Social da Ademi, também esteve presente na palestra. Ele reiterou seu apoio à iniciativa da Marroquim e reforçou que a intenção é dar continuidade a esse trabalho, expandindo a ação para outras empresas. Prêmio Por acreditar nos inúmeros benefícios que o esporte traz para os funcionários e, consequentemente, para a empresa, a Marroquim premiou dois de seus atletas no final da palestra de André Domingos. Jones Viana (criador do projeto) e Rodrigo Chagas (atleta mais bem colocado na Maratona das Alagoas) irão participar da Corrida de São Silvestre, em São Paulo, no final desse ano, com todas as despesas pagas pela empresa. Hugo Marroquim ressaltou que essa é mais uma ação de incentivo ao esporte. ‘É uma motivação extra para a continuidade do nosso trabalho, que vem trazendo excelentes resultados’, concluiu Hugo.

19 de setembro de 2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *